Te aviso desde o primeiro momento que eu não sou expert em nada aqui. Iniciei na cerâmica em outubro de 2015, o que faz de mim nada além de uma iniciante neste universo infinito de barro, pózinhos mágicos e altas temperaturas.

Tudo o que você vai ler daqui para frente não passa do fruto dos meus estudos, pesquisas, muito trabalho e dedicação à cerâmica, coisa que passou a ser parte da minha vida de uma forma que eu nunca sequer sonhei.

Dito isso, podemos começar!


 

É frequente a dúvida entre meus alunos em suas primeiras aulas ou em workshops: já posso levar a peça para casa no final da aula?

E eu posso ver a pontinha de frustração em seus olhares quando a resposta vem: Não, não pode. A peça vai levar um mínimo de 2 semanas para ficar pronta e isso ainda vai depender de disponibilidade de espaço dentro do forno.

É a vida, folks. Isso é cerâmica. Ou, ao menos, a pontinha do iceberg.

Os passos para a criação de uma peça de cerâmica.

Este post foi escrito de forma bem didática, o mais didática possível dentro das minhas habilidades, portanto vamos começar com tópicos e, logo em seguida, a explicação de cada um deles, certo?

Para chegar ao resultado final de, por exemplo, um prato (coisa que mais faço então para mim é um excelente exemplo), o caminho se resume, basicamente a:

  1. Projeto da peça
  2. Criação de um molde (quando peças que serão feitas em repetição)
  3. Aquisição da massa cerâmica (argila) e matérias primas para fabricação de esmaltes ou esmaltes prontos
  4. Preparação da massa cerâmica (argila)
  5. Modelagem da peça
  6. Secagem natural da peça modelada
  7. Ajustes finos da peça em ponto de couro
  8. Queima do biscoito
  9. Ajustes finos da peça biscoitada (lixa)
  10. Preparação do esmalte cerâmico (vidrado)
  11. Esmaltação da peça
  12. Queima do esmalte
  13. Ajustes finos da peça finalizada (micro retífica)

E, para peças comerciais, encomendas e afins eu ainda teria um processo paralelo que se resume a:

  1. Dimensionamento do pedido (medidas e peso)
  2. Projeto da embalagem
  3. Encomenda e/ou confecção da embalagem
  4. Cotação de frete
  5. Embalar as peças finalizadas
  6. Despacho da encomenda
  7. Confirmação de recebimento e integridade da encomenda

E é isso, basicamente, que acontece para que uma peça de cerâmica exista, linda e acabada, nas mãos de seus felizes donos.

Com o tempo cada um destes tópicos estará linkando para um artigo específico, com conteúdos autorais sobre cada uma das etapas deste processo.

Me acompanhe por aqui e pelas redes sociais para não perder novas atualizações!

Cynthia Sarmento

Author Cynthia Sarmento

More posts by Cynthia Sarmento

Leave a Reply